quarta-feira, 6 de setembro de 2006

O valor da liberdade

Nada na vida compensa o preço de ser livre. Como é bom poder fazer o que se quer, escolher o próprio caminho, traçar os próprios planos. Infelizmente muitas vezes a gente se deixa escravizar pelos desejos dos outros, por medo de ficar sozinho, de não ser amado ou admirado, sem perceber que isso, no final, nos afasta ainda mais do amor e da felicidade.

De fato, a liberdade é condição para que haja amor, respeito e felicidade. Sem ela não há nada disso. Há tristeza, frustração, conformismo. Já fui escrava dos desejos de outros. Já tentei ser diferente para agradar as pessoas ao meu redor. Já concordei em ficar amarrada, em fazer apenas o que mandavam, em dar satisfação de cada passo meu, para ser querida, para ter alguém ao meu lado, para não me sentir sozinha, para ser respeitada. E constatei que isso não adiantou nada. Não fui mais amada nem mais respeitada. O que consegui foi apenas ser controlada e ficar preocupada cada minuto do dia em agradar, em tentar adivinhar o que se esperava de mim, em não errar.

O resultado foi que nunca me senti tão sozinha, tão sem amor. Nem tão tensa e frustrada. Foi apenas quando decidi romper as amarras que eu mesma deixei que me colocassem que descobri como a liberdade é fundamental para a vida, em todos os sentidos. Como sem ela não é possível ser uma pessoa plena. E hoje, livre que sou, apesar dos tropeços e das dificuldades, sei que não é possível ter amor e respeito sem ela. Podemos ter companhia, uma posição profissional até confortável, mas amor e respeito verdadeiros, não.

Nossas escolhas e opiniões têm de ser nossas, e de mais ninguém. E isso não significa ser egoísta. Ceder faz parte de qualquer tipo de relacionamento, seja pessoal, seja profissional. Mas não se anular, se submeter, se privar de suas opiniões e seus sonhos por medo de não ser aceito ou amado. Sem liberdade, perdemos a nossa identidade e, consequentemente, qualquer chance de ser feliz.

4 comentários:

lakota disse...

qual será o valor supremo da vida humana?
é esta a questão

http://lakota-ovalordavida.blogspot.com/

lakota disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
missstylist disse...

Estou completamente de acordo contigo! A liberdade nao tem valor, pelo facto do que esta nos pode trazer é incalculável. Tambem eu me sujeitei e sujeito a imensas coisas das quais digo que sim apenas porque quero ser "boazinha" com as pessoas que gosto... mas esqueço que tenho uma vida pra viver, que é só minha e o momento que passou nao volta mais atrás! Nao é facil quando alguem nao nos quer deixar voar.. simplesmente porque é egoista (pelo menos é o que acho). Mas pux um fim a minha "alma generosa" ... e olhar pra mim mesma, porque os dias passam os anos correm e quando dá-mos por ela nao fizemos nem metade do que queriamos fazer! :D

Orquídea disse...

eh, tenho que concordar. e dizer que a verdadeira liberdade só se encontra em Jesus Cristo!